Planejamento pessoal x Planejamento profissional

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

Totalmente interligados e dependentes. Se você não tem um planejamento mesmo que básico como pessoa, não pode ter um planejamento profissional. Explico:

Como se pode planejar ser alguém (com profissional) se você não sabe quem você é por dentro. Aí entra o autoconhecimento que taaanto converso em meus conteúdos e na consultoria.

Saber o que gosta, porque, o que te faz bem, o que faz de melhor, seus dons, seus propósitos… nossa tanta coisa pra conectar com o profissional de forma estratégica e assim chegar no sucesso pessoal pra assim conquistar o profissional. 

Planejamento pessoal:

O Planejamento pessoal é uma forma de gestão assim como nas organizações. 

A análise dos objetivos busca identificar o que se pretende aferir, quais os métodos e estratégias a serem utilizadas para a obtenção dos resultados desejados.

Porém alguns obstáculos aparecerão ao longo da jornada, por isso é importante saber qual é o objetivo principal a ser alcançado, para então escolhermos o caminho que mais se aproximará do pretendido. 

Os benefícios do planejamento pessoal se estendem a pequenas coisas, mas que fazem toda diferença. A organização, potencialização do tempo e das ferramentas pessoais são algumas atitudes que facilitam o planejamento e ajudam no aproveitamento das oportunidades que se possui. 

Esse planejamento nos traz um melhor desenvolvimento das atividades do dia a dia, passando a ter maior proveito das oportunidades que envolvem nossas vidas. 

O objetivo do planejamento pessoal é fazer com que o indivíduo aprenda a planejar seu crescimento pessoal e profissional utilizando os recursos pessoais que obtém, as possibilidades e oportunidades que o mundo oferece. 

Dentro desses recursos pessoais estão as aspirações que são o desejo, o interesse e a vontade de conseguir o ideal. 

O desejo é o seu sonho, ou seja, tudo aquilo que você quer alcançar, a vontade é agir com uma intenção definida e o interesse é o empenho na busca de recursos que vão lhe proporcionar o resultado final. 

Os recursos são parte importante no planejamento, eles são definidos em aptidões e habilidades. 

Curtiu entender essa primeira base? Me conta aqui nos comentários.

Planejamento profissional:

O Planejamento de Carreira ou Planejamento Profissional deve servir como orientação para chegar até onde se almeja estar no futuro.

Algumas atitudes podem influenciar o processo, tornando-o mais simples e factível. 

Definir os pontos fortes, assim, identificando suas habilidades e utilizando as aptidões naturais a seu favor, o planejamento passa a ser algo real, mas, ao mesmo tempo, é orientado pelo que se deseja. 

Identificar os pontos fracos também é algo importante para definir suas limitações e suas fraquezas, sabendo lidar com elas é mais fácil chegar ao objetivo final. 

Analisar os concorrentes, para poder definir por onde deve seguir, se é mais válido competir por determinado seguimento ou concorrer por fora. 

Outro passo importante é analisar, pensar no futuro e visualizar qual posição gostaria de alcançar como meta do planejamento profissional

Planejar a carreira é algo individual e cada caminho seguido é singular, aprendemos todos os dias e levamos isso como um aprendizado para toda a trajetória da nossa carreira. 

E agora? Como você vai embasar e conectar um com o outro de acordo com o seu perfil? Ah, você já identificou qual seu perfil? Temos alguns tipos. 

Se quiser minha ajuda com a consultoria/mentoria “Você em primeiro Planner”, me manda um e-mail contato@fernandafelix.com ou chama no direct @fernandafelix.jornalista

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cursos Gratuitos

Previous
Next

Posts Relacionados