Ética, sustentabilidade, questões sociais e espirituais

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

O momento social em que vivemos pede emergencialmente, uma severa observação das atitudes humanas e um consistente posicionamento sobre “a dor a delícia” de vivermos hoje, em sociedade. As questões sociais são como uma barreira, só nos resta saber em qual segmento.

O dia a dia nos coloca diante de situações que há alguns anos eram inconcebíveis.

O álibi para a decadência social é sempre o tempo, o estresse, as cobranças, a competitividade

Vivemos num caos moral. O egoísmo ganhou força, o ego passou a ser o alimento da alma, e questões sociais, como sustentabilidade, inclusão, fome, conflitos e guerras, não são vistas e discutidas com a devida atenção. 

Temos a impressão que falar de questões sociais nos torna mais frágeis, vulneráveis e até mesmo “caretas”, e de que a fortaleza está na blindagem do coração. Será?

Percebemos a dificuldade de viver em sociedade e o que podemos destacar é o medo do relacionamento. 

Medo de não ser aceito, medo de ser julgado, medo de não caber nos moldes que o sistema nos impõe. 

Então não nos importamos com o nosso autoconhecimento, recusamos o nosso tipo de perfil e nos isolamos. 

A baixa autoestima não nos dá condições de relacionamento. Se não somos equilibrados no que se refere à nossa aceitação, não conseguimos nos expor, nos relacionar e absorver possíveis julgamentos. 

O relacionamento interpessoal está intimamente ligado ao relacionamento intrapessoal. Tratamos o mundo como nos tratamos. 

Vivemos em um mundo conectado, porém a cada dia com pessoas mais desconectadas de si mesmas.

O mundo digital trouxe inúmeros benefícios para a vida cotidiana, mas trouxe na bagagem a redução de uma das habilidades humanas mais imprescindíveis até uma década atrás: a habilidade relacional.

O mundo digital esvaziou a espiritualidade e as questões sociais, reduzindo-nos a likes e curtidas. Expressamos milhares de opiniões atrás das telas.

Se quiser minha ajuda de perto e de forma personalizada: contato@fernandafelix.com.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cursos Gratuitos

Previous
Next

Posts Relacionados