Como ter uma comunicação coerente?

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

A coerência textual é uma atitude esperada automaticamente, logo, quando a não comunicação coerente, sem uma linha de raciocínio (dedução lógica), gera um estranhamento.

Para um Jornalista, e desde já o estudante da área, se é esperado uma comunicação coerente embrionariamente, mas sabemos que não é assim.

É preciso significância, significado, muito estudo e técnicas…

A comunicação contemporânea, com o acesso às redes sociais e a também crescente, de um público consumidor bem informado diminuem a possibilidade de erros com a grafia, comunicação como um todo.

Ao mesmo tempo em que a competitividade na área da comunicação cresce, as exigências em cima dos candidatos também.

Com o advento da comunicação digital, cresce a busca por excelência, boas impressões dos candidatos, e certamente uma comunicação coerente, diria até impecável.

Como acertar numa Comunicação coerente?

  1. Muita leitura geral e técnica da sua área exercida – isso trará argumentações, senso crítico, bagagem cultural, embasamento dos temas e principalmente vocabulário;
  2. Defender um único objetivo em uma conversa, discussão… – a possibilidade de levar uma argumentação equivocada ou sem embasamento do assunto, será bem menor;
  3. Não “bater martelos” em cima de dogmas, teorias, ideais, isso engessa sua visão do caso devido a barreira criada antecipadamente – Um Jornalista precisa saber discutir ideias e não se fechar em cima de um estudo de caso;
  4. Estabelecer em qualquer dialogo, até do menos importante do momento, pra criar prática – uma comunicação coerente consiste em ser: DIRETA e LINEAR, ou seja, sem “disse me disse”, “leva e trás” ou “porta vozes”; e linear pelo contexto, seguindo sempre uma linha de raciocínio, explicativa, sincera e rica de dados, mas cuidado com ser prolixo. É possível ser objetivo na comunicação, mas não na conversa;
  5. Esteja sempre alicerçado no que você expõe como profissional e também como pessoal – não é possível e nem bem visto, ser mais de uma pessoa e ainda diferente. Seja, defenda e exponha um mesmo perfil, inclusive em suas redes sociais, pois tudo que se vê por lá, diz muito, se não tudo, sobre você (você tem uma autocomunicação)..

A comunicação coerente é extremamente possível, mas ao mesmo tempo difícil se não empenhada de forma prática e diária. Um jornalista ou estudante da área, precisa exercitar a comunicação oral, escrita e expressiva todos os dias até o fim da vida.

As pessoas mudam, o mundo muda e você também muda. Sabia que seu perfil pessoal pode se adaptar de 5 em 5 anos, só pela media das pessoas que mais convive?

Se quiser meu acompanhamento, já sabe! Me contata no Instagram @fernandafelix.jornalista ou pelo e-mail contato@fernandafelix.com

Veja como até meus contatos estabelecem uma comunicação coerente, objetiva, simples, direta e linear.

Te espero em mais artigos como este, aqui no nosso blog na categoria “Gestão Pessoal“.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cursos Gratuitos

Previous
Next

Posts Relacionados